Blog CW Class

Eu e minha paixão pelos Chevys

Nesta sessão tratarei de diversos assuntos, falarei de temas ligados ao antigomobilismo, restauração e customização de carros antigos, temas ligados ao mercado de casamentos e demais assuntos que eu achar pertinentes.

Começo a falar de mim, meu nome é Roberto, sou apaixonado por carros antigos desde minha infância por influência de amado meu pai, Sr. Julio Marigatti, que foi proprietário de clássicos americanos dos anos 50 e 60, tais como Chevrolet Fleetmaster 1948 conversível, Chevrolet Belair 1951 coup e Impala 1960 V8 coupê. Destes 3 o carro que ele mais gostou e que acabou sendo seu carro de uso por mais de 20 anos foi o belo Belair 1951 coupê. Além de ser um carro espaçoso e confortável, sua mecânica de 6 cilindros era muito robusta e confiável, o carro nunca o deixou na mão ao longo de todo este tempo. Sua cor era branco gelo com teto num tom de azul acinzentado. O painel era na cor vermelha, não me lembro bem da cor dos bancos, acho que era algum tom de cinza, preciso ver se consigo observar em alguma foto antiga. Meu pai também gostou muito do belo conversível Fleetmaster 1948 cor vinho com capota preta, porém a dirigibilidade do Belair 1951 era muito superior, motivo de sua preferência. Já o Impala era muito bonito, 2 portas com teto creme e carroceria num tom "café com leite" mas meu pai não foi feliz com este caro. Ele teve problemas de aquecimento com seu motor V8,  meu pai o achava muito "mole" nas curvas e o que mais o aborreceu foram os recorrentes problemas do câmbio automático, que o deixou na mão e sem carro por falta de peças. Outro problema desse carro era a manutenção cara e complicada na época, por todos estes motivos o carro não deixou saudades e foi literalmente o pior carro que meu pai teve nesses anos dourados.

Voltando ao Belair 1951 coupê, anexo algumas fotos antigas:

   

Este sou eu aos 6 anos de idade em 1970 sentado sob o paralama do Belair 1951, ao lado minha mãe Dona Rosa ao lado do carro em um dos passeios feitos aos finais de semana a bordo desse elegante coupê.

Aqui estou eu sentado sob o Chevrolet Fleetmaster 1948 conversível cor vinho com capota preta de meu pai. Essa foto foi tirada no bairro da Mooca em frente ao colégio MMDC onde morava minha avó materna Dona Anna, nascida em Coimbra, Portugal. Sou descendente de imigrantes italianos por parte de pai e de portugueses por parte de mãe.

Ainda não consegui comprar um Chevrolet 1951 coupê e nem um Fleetmaster 1948 conversível como os de meu pai, porém comprei e restaurei carros muito parecidos, tenho um 1951 4 portas marfim e dois Fleetmasters sedan 1948, um preto/vinho e outro creme:

Na próxima oportunidade começarei a escrever sobre onde "garimpei" essas raridades e sobre o processo de  restauração delas.

 

 Agradeço pela atenção!!! 

icone-facebook